Blog

Ser Hospitaleiro Voluntário no Albergue Cidade de Barcelos

Ser Hospitaleiro Voluntário no Albergue Cidade de Barcelos

O Albergue Cidade de Barcelos é um Albergue de Peregrinos que acolhe, por donativo livre e voluntário, Peregrinos do Caminho Português de Santiago (ou qualquer outro itinerário de Peregrinação). Grande parte do funcionamento do Albergue Cidade de Barcelos é assente em trabalho voluntário, principalmente ao nível da função de Hospitaleiro. Ser Hospitaleiro Voluntário é uma outra forma de fazer o Caminho de Santiago mas, também, uma possibilidade de poder contribuir para a informação e o apoio aos Peregrinos que percorrem o Caminho Português de Santiago, promovendo, desta forma, a Hospitalidade Barcelense.

Neste enquadramento, a Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos promove o seu programa de "Hospitaleiro Voluntário", possibilitando a que todo e qualquer Peregrino possa contribuir, voluntariamente, para o Caminho Português de Santiago, nomeadamente com a sua presença no Albergue. Assim, quem pretender aceitar o convite de ser Hospitaleiro (periodicamente, mas enquadrado na sua disponibilidade) poderá solicitar à Direção da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos a sua inscrição como Hospitaleiro Voluntário no Albergue Cidade de Barcelos preenchendo o formulário disponível aqui.

Para que tenhamos, todos, um Bom Caminho!

 

Formulário de inscrição como Hospitaleiro Voluntário no Albergue Cidade de Barcelos

 

ALBERGUE CIDADE DE BARCELOS

(Regulamento - Hospitaleiro Voluntário)

 

1º OBJETIVO

a) O objetivo do presente Regulamento é a definição de Normas de Funcionamento e Admissão de Hospitaleiros Voluntários ao Albergue Cidade de Barcelos, sito na Rua Miguel Bombarda, n.º 36, União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (S. Martinho e S. Pedro), concelho de Barcelos;

b) Como Hospitaleiro Voluntário, no âmbito do presente Regulamento, considera-se aquele que, de forma voluntária, assume a Hospitalidade do Albergue Cidade de Barcelos por, pelo menos, um dia,  doando o seu tempo, trabalho e talento, de maneira espontânea e não remunerada, por uma causa e por um espírito de partilha em prol dos peregrinos, do Caminho de Santiago e da Hospitalidade Barcelense;

2º DIREÇÃO

A Gestão do Albergue Cidade de Barcelos e dos seus Hospitaleiros Voluntários é da responsabilidade da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos (NIF: 509 947 409), com sede na Rua Miguel Bombarda, n.º 36, União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (S. Martinho e S. Pedro), concelho de Barcelos.

3º ADMISSÃO

a) A admissão de Hospitaleiros Voluntários é da responsabilidade da Direção da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos;

b) Qualquer peregrino, associado ou não da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos, pode solicitar admissão a Hospitaleiro Voluntário à Direção da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos preenchendo e submetendo um formulário de admissão disponível aqui .

4º PERÍODO DE VOLUNTARIADO

Admitem-se dois períodos de permanência no Albergue Cidade de Barcelos como Hospitaleiro Voluntário:

a) Diário: os Hospitaleiros Voluntários permanecem no Albergue num único dia, sem pernoitar no mesmo, assumindo a "gestão" do Albergue nesse dia, em representação da Direção da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos;

b) Semanal: os Hospitaleiros Voluntários permanecem no Albergue durante períodos de uma a duas semanas, pernoitando no mesmo, assumindo a "gestão" do Albergue durante esse período (leia-se acolhimento e informação de Peregrinos, e apoio às atividades de limpeza e manutenção), em representação da Direção da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos;

5º REMUNERAÇÃO

Os Hospitaleiros Voluntários não são remunerados. Admite-se, contudo, que no caso de Hospitaleiros Voluntários por períodos de uma a duas semanas, possam receber ajudas de custo, nomeadamente para refeições.

6º PRINCÍPIOS BÁSICOS DE UM HOSPITALEIRO VOLUNTÁRIO

Um Hospitaleiro Voluntário deve ter, como princípios básicos:

a) Quando chegar, observar os recursos e condições oferecidos pelo Albergue Cidade de Barcelos, as necessidades do local e dos peregrinos e adaptar-se a tudo isso; cuidar-se; conhecer as suas limitações e ter bom senso;

b) Respeitar e fazer respeitar o Regulamento de Normas de Acesso e Funcionamento do Albergue Cidade de Barcelos que esteja em vigor, sabendo que este também lhe é aplicável;

c) Respeitar e fazer respeitar os horários de abertura e encerramento do Albergue;

d) Conhecer informações gerais sobre a cidade de Barcelos e sobre as próximas etapas, nomeadamente sobre o acesso à saúde, farmácias, restauração, supermercados e/ou pontos de interesse;

e) Verificar e recolher os dados pessoais dos Peregrinos acolhidos, e proteger os respetivos dados;

f) Saber que a higiene é indispensável num lugar com permanência de muitas pessoas e, por isso, zelar por ela. Pedir a colaboração dos peregrinos para manter o Albergue limpo;

g) Não obrigar ou "forçar" a entrega de um donativo monetário por um Peregrino. A eventual entrega de um donativo por um peregrino deve ser feita pelo próprio, diretamente na caixa de donativos do Albergue e/ou por outros meios de envio de valores monetários (PayPal, por exemplo);

h) Um Hospitaleiro Voluntário acolhe, com fraternidade, Peregrinos. Não os "recebe" nem "presta um serviço oneroso". Os Albergues eram, anteriormente, hospitais para peregri­nos; por isso, na "era moderna", um Hospitaleiro Voluntário acolhe tanto pessoas saudáveis como doentes, sem distinções ou restrições. Não se admite qualquer tipo de ação de ódio e/ou discriminação no interior do Albergue Cidade de Barcelos;

i) A Hospitalidade não deve ser sobrecarregada com Regras e Regulamentos que restringem o próprio conceito de Hospitalidade, mas todos os utilizadores do Albergue devem ter acesso fácil e rápido às mesmas;

j) Um Hospitaleiro assenta a sua ação: em boas-vindas fraternas; num serviço altruísta e gratuito, sem esperar nada em tro­ca; no apoio e acompanhamento em geral (tanto informativo como espiritual).

7º RESPONSABILIDADE CIVIL

A Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos não se responsabiliza por qualquer dano pessoal e/ou patrimonial (nomeadamente furto e/ou acidente) que eventualmente possa ocorrer no interior do Albergue, incluindo a um Hospitaleiro Voluntário.

8º OMISSÕES

a) As omissões ao presente Regulamento são da responsabilidade da Direção da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos.

b) Todas as disposições expostas podem ser modificadas segundo eventuais necessidades e conveniências pontuais pela Direção da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos, para um melhor funcionamento do Albergue e para a melhor promoção da Hospitalidade dos Peregrinos.

9º DISPOSIÇÃO FINAL

O presente Regulamento entra em vigor no dia seguinte ao da sua aprovação e publicação em www.alberguedebarcelos.com , permanecendo em vigor até à sua eventual modificação e/ou revogação expressa.

 

Aprovado em Assembleia-Geral Ordinária no dia 26 de junho de 2021 da

Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos

 


×